Connect with us

Entretenimento

Golden Dragon Dance in Asakusa

A Dança do Dragão Dourado comemora a reconstrução do salão principal de Senso-ji em 1958, depois que foi destruída durante os ataques aéreos da guerra. O nome vem da montanha associada ao Templo Senso-ji – Kinryu-zan (Montanha Dourada do Dragão) – e a lenda diz que quando a estátua da Deusa da Misericórdia apareceu pela primeira vez (o evento que levou à fundação de Senso-ji) um dragão de ouro desceu dos céus.

A procissão começa no templo Denpoin e lentamente sobe até o salão principal de Senso-ji antes de seguir para o lado oeste do templo. O dragão – que tem 18 metros de comprimento, pesa 88 kg e é transportado por 8 “dançarinos” – surge primeiro, parando no caminho para dançar na frente das pessoas que se alinham em ambos os lados do caminho para Senso-ji. É seguido por um carro alegórico de gueixa shamisen e flauta.

Data do evento: 8 de Março de 2020. 11:00 – 16:00. Taito, Tokyo.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Japão quer incentivar turismo, apesar de retomada da Covid-19

Desde o fim de junho, o arquipélago registra mais de 100 novos diagnósticos coronavírus. No fim de julho, apesar do recorde de infecções, o governo japonês lançou o programa “Go To Travel” para impulsionar viagens domésticas, criando o temor de uma para nova onda de contaminação nas províncias.

Antes da epidemia, Tóquio esperava receber 40 milhões de turistas a partir desta sexta-feira (24), data de início dos Jogos Olímpicos de Tóquio no calendário original. Entretanto, a realidade da pandemia global de Covid-19 frustrou todas as expectativas: os jogos foram adiados para 2021, as fronteiras foram fechadas para 129 países e a capital japonesa atravessa mais uma onda de infecções do novo coronavírus.

A retomada epidêmica era esperada por especialistas até a descoberta de uma vacina ou de um medicamento eficaz. No entanto, teme-se que as novas ondas sejam maiores e mais abrangentes, alastrando o vírus para áreas onde o surto estava sob controle. O temor cresce agora: no dia 22, o governo japonês lançou um programa para impulsionar o turismo dentro do arquipélago, a campanha “Go To Travel”.

Para aquecer o mercado, o governo federal investiu 1,35 trilhão de ienes (o equivalente a R$ 65 milhões) para incentivar o turismo doméstico, subsidiando descontos de cerca de 35% nas despesas dos viajantes em julho e agosto, além de prever vales e cupons para atrações turísticas em setembro – ao todo, os descontos podem chegar a 50%. A iniciativa federal despertou discussões entre governadores, que pediram para adiá-la ou restringi-la a certas regiões, e críticas sobre o timing da campanha – na internet, a ação foi apelidada de “Go To Trouble”.

Fonte: Uol

Continue Reading

Cidades

Organização reafirma que Jogos Olímpicos de Tóquio provavelmente serão reduzidos

O formato dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 – que deveriam começar no próximo dia 24, mas que foram adiados para o ano que vem por conta da pandemia do novo coronavírus – segue sendo tema de debate no Japão. Nesta terça-feira, a organização do evento reafirmou que a Olimpíada provavelmente será uma versão reduzida das edições recentes.

O presidente do Comitê Olímpico Japonês (JOC, na sigla em inglês), Yasuhiro Yamashita, que participa ativamente da preparação para os Jogos, falou mais uma vez em tentar simplificar o evento para reduzir custos e garantir a segurança dos atletas. “Os Jogos eram lindos e extravagantes, que eu experimentei antes…”, disse o dirigente, ex-medalhista de ouro olímpico no judô, na sede da entidade em Tóquio.

“Mas não acho que o conceito desses Jogos vá buscar essas coisas. A primeira prioridade é a segurança dos atletas”, prosseguiu Yamashita.

Eleito presidente do Comitê Olímpico Japonês em junho do ano passado no lugar de Tsunekazu Takeda, que está sendo investigado por acusações de corrupção, disse que a pandemia da covid-19 também está causando problemas financeiros à organização.

Fonte: Estadão

Continue Reading

Cidades

Eventos da Disney no Japão serão cancelados até março de 2021

A operadora do Tokyo Disneyland e DisneySea removeu 12 eventos e programas de seu calendário até março de 2021.

Os cancelamentos incluem os principais eventos de Halloween e Natal nos dois parques temáticos.

A operadora Oriental Land disse que o período de fechamento devido ao coronavírus dificultou a preparação. Os parques, que ficam na província de Chiba, reabriram em 1º de julho pela primeira vez em cerca de 4 meses.

A Oriental Land está limitando o número de visitantes através de sistema de reserva, as pessoas devem a usar máscara e têm suas temperaturas medidas na entrada.

Fonte: Portal Mie

Continue Reading

Copyright © 2019 Japão Digital